Santo do Dia

<<  20/12/2018(5ª-FEIRA)  >>

São Domingo de Silos

Nascido no ano 1000 em Riojas, Espanha de uma família de fazendeiros ele trabalhou na infância como pastor de ovelhas. Foi ducado como monge no Monastério de San Mollan de Cogolla. Ordenado padre posteriormente foi Abade do Mosteiro. O Rei Garcia II das terras de Navarro ordenou que ele desse as terras do monastério e Domingos recusou sendo ele e outros monges retirados da casa a força. Ele procurou proteção no Rei Ferdinando I de Castilha. Eles encontraram uma casa no velho mosteiro de São Sebastião em Silos, diocese de Burgos onde Domingos foi indicado Abade. Fundado em 954 a casa estava caindo aos pedaços, só tinha 6 monges e estava péssima tanto financeiramente quanto espiritualmente. Domingos mudou totalmente a estrutura espiritual da casa e rearranjou a suas finanças e reconstruiu sua estrutura. Criou um escritório onde ele traduzia vários livros e em breve a sua biblioteca era uma das melhores da Espanha.Em breve o mosteiro era um centro espiritual renomado pelos seus livros, arte impressa, trabalhos em prata e caridade aos pobres. A abadia reconstruída existe até hoje e é considerada uma dos grandes tesouros da arquitetura espanhola. Em pouco tempo haviam tantos monges que ele teve que ampliar a casa para abriga-los. São Domingos curou vários apenas com sua benção e oração. Ele conseguiu ajuda de patronos ricos para o monastério e arrecadou fundos para pagar o resgate de cristãos presos pelos Mouros. Um dos mais amados santos espanhóis tem varias igrejas e mosteiros dedicados a ele desde 1085.O mosteiro que ele reconstruiu hoje é chamado de Mosteiro de São Domingos. Muitos milagres foram atribuídos a sua intercessão após sua morte especialmente com relação a faixa de Abade de São Domingos, que dizem que quando colocada na cama das rainhas, elas ficavam grávidas. Outras rainhas usavam a faixa durante o parto como garantia de um bom parto. A beata Joana Aza de Gusmão orou no seu santuário para conceber um filho que ela chamou de Domingos e que se tornou o notável São Domingos Gusmão, fundador da Ordem dos Dominicanos. Domingos de Silos, faleceu em 10 de dezembro de 1073, em Silos, de causas naturais. Em janeiro de 1076 seu corpo foi trasladado para a igreja do monastério para veneração. O santuário se tornou local de peregrinação e muitos milagres são creditados a sua intercessão Ele é o padroeiro contra a hidrofobia, prisioneiros, cães raivosos e pastores. É representado na arte litúrgica da Igreja é mostrado como: 1) um abade envolvido nas sete virtudes, ou 2) com a mitra, a coroa de abade com um livro, ou 3) com um véu amarrado em seu “crozier”. Sua festa é celebrada no dia 20 de dezembro.

São Zeferino

Também conhecido como São Zephereu. Nasceu em Roma de origem humilde e foi eleito para suceder ao Papa Victor I em 199. Ele nomeou São Calistus como seu diácono e conselheiro. Seu pontificado foi marcado por varias controvérsias com relação a natureza de Deus e algumas perseguições inclusive uma bem sangrenta instituída pelo Imperador Septimus Severus (193-211). O Papa Zeferino combinava severidade com caridade e estava sempre pronto a receber de volta os pecadores arrependidos e teólogos controvertidos .Embora ele tenha excomungado Theodati pela teoria do monoarquianismo ele foi denunciado por Hipólito, por sua falha em agir com autoridade para suprimir as heresias como previa Calisto em sua “Philosophoumena” . Aparentemente o papa agia muito caridosamente para Hipólito. São Zeferino é listado como mártir na Martirologia Romana mas é improvável que tenha sido martirizado visto que seu corpo está intacto na Capela de São Sixto Velho em Roma. Ele talvez tenha sido considerado um mártir por todos os julgamentos que sofreu e pela sua paciência e fortaleza. Ela faleceu em 20 de dezembro de 247. Na arte litúrgica da igreja ele é mostrado como um papa com uma espada. Sua festa é celebrada no dia 20 de dezembro.