Santo do Dia

<<  15/12/2018(SÁBADO)  >>

Santa Nina

também chamada de Apóstola da Georgia, Rússia. Era uma escrava e provavelmente não nasceu na Georgia, e sim foi trazida pelo seu dono quando ele emigrou. Outra versão é que ela talvez tenha sido trazida da Capadócia como espólio de guerra ou simplesmente fugiu de sua terra natal e tornou-se escrava depois que mudou para um local bem mais pacifico naquela época que era a Georgia. Ela se converteu ao cristianismo e certa vez curou um menino apenas cobrindo-o com seus longos cabelos e orando. As noticias logo correram e ela curava doentes apenas com sua benção e oração. A sua fama chegou ao conhecimento da Rainha da Georgia que sofria de um mal incurável. A rainha mandou chama-la mas ela respondeu: "Sou uma escrava e meu lugar não é em um palácio". A rainha foi até ela e foi curada pelas suas preces. A família real a libertou da escravidão e ofereceu a ela uma recompensa, mas ela pediu apenas que eles se convertessem. A Rainha concordou mas o Rei Miriano não. Entretanto alguns dias mais tarde em uma caçada, ele se viu cercado de animais selvagens. Com muito medo ele então prometeu a Deus que, caso escapasse, iria se converter. Os animais simplesmente foram embora e em 325DC o Rei pediu a Constantino para enviar padres e bispos para espalhar a fé em toda a Geórgia. Logo que este bom trabalho começou, Santa Nina se retirou para uma ermida e viveu com uma reclusa nas montanhas de Bodbe, em Kakheti. Ela faleceu em 320 em Bodbe e seu túmulo logo se tornou local de peregrinação e vários milagres foram reportados em sua tumba e creditados a sua intercessão. Por isso logo suas relíquias foram trasladadas para um Santuário na Catedral de Mtzkheta. É conhecida na Rússia também como a Santa da Geórgia ou Santa Geórgia.