Santo do Dia

<<  05/11/2018(2ª-FEIRA)  >>

Santa Isabel e Zacarias

Viveram no primeiro século e foram os pais de João Batista, santo que antecedeu Jesus e O batizou. Eram primos. Tudo que sabemos deles é encontrado no primeiro capitulo do Evangelho de São Lucas. "Ambos muito honestos e íntegros aos olhos do Senhor observando todos os mandamentos e os ensinamentos de Deus com alegria. Zacarias era um sacerdote no Velho convento e Isabel era da Família de Araon. Tendo chegado a uma idade madura sem terem filhos Zacarias, quando orava no templo teve uma visão de um anjo, que disse a ele que suas preces haviam sido atendidas e que em breve teriam um filho. Talvez para prevenir que Zacarias pecasse contra a fé e a esperança ele ficou meio bobo até o nascimento do seu filho que era para ser chamado João, " aquele que receberia o Espirito Santo ainda no útero de sua mãe, e que traria muitos filhos de Israel de volta para o Senhor seu Deus". Isabel recebeu a visita de Maria, mãe de Jesus, e na época Maria cantou um hino de homenagem a Isabel, hoje conhecido como o "Magnificat" embora alguns manuscritos indicam que foi Isabel quem teria cantado o hino. Na época, em geral, uma criança receberia o nome de um parente já falecido. Isto era o que os amigo e vizinhos de Isabel e Zacarias esperavam, mas Isabel insistiu que ele deveria se chamar João e seu pai escreveu que concordava.

O Cântico de Zacarias chamado hoje de "Benedictus" é diariamente rezado pelos cristãos na oração da manhã e faz parte do breviário.

"Bendito o Senhor Deus de Israel
Ele veio para salvar o seu povo
Ele nos elevará ao poderoso Senhor
Nascido da casa de seu servo David
Através de Seus poderosos profetas Ele prometeu
Que nos salvará de nossos inimigos
Das mãos daqueles que nos odeiam
Ele prometeu misericórdia ao nosso pais e
Lembrar do Sua sagrado convenção
Este foi o juramento que Ele jurou ao nosso pai Abraão
Nos livrar das mãos dos nossos inimigos
Nos livrar para adora-Lo sem medo
Integro e santamente a sua vista
Todos os dias de nossa vida
Você meu filho será chamado o profeta do Mais Elevado
Porque você irá preparar a chegado do Senhor
E preparar seu caminho
Para dar ao Seu povo o conhecimento da salvação e
O perdão de seus pecados
Na terna compaixão de nosso Deus
A alvorada das alturas cairá sobre nós
Para iluminar aqueles que estão nas trevas e nas
Sombras da morte, e guiar nossos passos
Para o caminho da paz ".

A tradição, apoiada por São Basílio e São Cyrilo da Alexandria, assegura que Zacarias morreu como um mártir, morto pelos romanos no templo "entre o pórtico e o altar" a mando de Herodes, porque ele recusou a revelar onde se encontrava seu filho João. Entretanto, cumpre observar que os arquivos da Martirologia Romana não noticiam este incidente. Na arte litúrgica da Igreja Isabel é mostrada como uma senhora já idosa, segurando o filho João, o Batista, ou grávida saudando a Virgem. Zacarias geralmente mostrado como um velho padre com uma vela e as vezes no nascimento de João ou ainda segurando uma vela iluminada. No evangelho de São Lucas ela é mostrada com a Virgem Maria na "Visitação" onde a Santa recita o : " Salve Maria, Bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus". A festa de Isabel é celebrada no dia 5 de novembro A festa de Zacarias é celebrada no 5 de novembro no Ocidente e no dia 15 de novembro na Igreja Oriental.