Santo do Dia

<<  11/10/2018(5ª-FEIRA)  >>

Santa Zenaide

As santas irmãs Zenaide e Filonina nasceram na cidade de Tarso, na região da Cilícia, na Ásia Menor, hoje, Turquia. A Tradição relata que elas eram parentes do Apóstolo Paulo, que outrora chamara-se Saulo e fora um dos principais perseguidores dos cristãos e da Igreja de Deus, após sua conversão tornou-se um confessor da fé cristã. Vendo a grande mudança na vida do seu tio, as jovens virgens, refletindo sobre as coisas vãs deste mundo e os ensinamentos de São Paulo, desejaram de alma inteira trabalhar somente para Cristo. Escolhendo cuidar apenas das necessidades de suas almas, estabelecendo-as na fé e ensinamentos cristãos, Zenaide e Filonila viajavam pelas cidades e vilarejos pregando o Evangelho e curando todo tipo de doenças e enfermidades do povo. Deixando sua mãe e renunciando às suas propriedades, as virgens realizaram obras verdadeiramente apostólicas. Tendo nos seus corações as palavras do Profeta Davi: "O quão bom e suave é viverem os irmãos em união" (Sal. 132:1), Zenaide e sua irmã decidiram ir morar em uma caverna próxima à cidade de Demetríade, ao norte de Tarso. Lá as virgens levavam vidas iguais as dos anjos. Zenaide tratava de todas as doenças possíveis e Filonila, entregando-se ao jejum e à vigília, operava grandes milagres. Mas foi agradável a Deus que estas pérolas não ficassem escondidas da população, que necessitava da sua ajuda e serviço. Cada vez mais e mais pessoas vinham à caverna das virgens para serem curadas. As santas irmãs curavam tanto as enfermidades físicas como as enfermidades espirituais do povo, firmando-o na fé Cristã. Vendo a quantidade de pessoas que se recuperavam através da grandiosa graça das virgens cristãs, muitos pagãos converteram-se ao Cristianismo e foram batizados. Não sabemos quanto tempo as Santas Zenaide e Filonila permaneceram em Demetríade, porém, alguns dos pagãos que ali viviam enfureceram-se com o resultado da pregação e dos milagres operados pelas virgens, pois devido a elas os templos pagãos ficaram desertos e a adoração aos demônios diminuiu. Sentindo-se ameaçados, os pagãos resolveram matá-las, e à noite foram a caverna das virgens e as apedrejaram até a morte, enviando assim seus espíritos ao Paraíso. Foi assim que as santas virgens Zenaide e Filonila receberam suas mortes martíricas. Rezamos para as Santas Mártires Zenaide e Filonila pedindo a cura de toda enfermidade da alma e do corpo. Na arte litúrgica da Igreja Santa Zenaide é mostrada como uma mulher com um espinho no seu pé ou com sua irmã Filonila ou com São Paulo para mostrar que eram parentes.

Santo Alexandre Sauli

Tambem conhecido como Alessandro Sauli ou Alexis Sauli. Nasceu em 1534 em Milão na Itália. Padre barnabita, ensinou filosofia e teologia na Universidade de Pávia. Foi Superior Geral da Congregação em 1565. Bispo de Aleria, Córsega em 1571 onde a fé estava quase morta e o clero e o povo em estado de completa ignorância ele e mais três companheiros ensinaram os habitantes, corrigiram os abusos, reconstruíram igrejas e capelas, fundaram colégios e seminários e devolveram a Córsega a saúde eclesiástica. Bispo de Pavia em 1591 deixou um sem numero de trabalhos sobre a catequese. Foi o conselheiro espiritual do santo Charles Borromeo. Padroeiro da Córsega. Veio a falecer 11 de outubro de 1592 em Pávia. Beatificado pelo Papa Benedito XIV em 1742 e canonizado pelo Papa Pio X em 1904. Sua festa é celebrada no dia 11 de outubro.