Santo do Dia

<<  24/09/2018(2ª-FEIRA)  >>

São Geraldo Sagredo

Nasceu no 11°século em Veneza, Itália. A história de São Geraldo é, no mínimo, comovente visto que este santo soube usar as palavras quando necessárias. Homem de extrema coragem, poder de oratória e dedicação total a Deus e às suas palavras, São Geraldo é um exemplo entre os tantos santos de sua época. Bispo de Chonal, São Geraldo nasceu em Vêneza, na Itália. Foi educador de Santo Emerico, filho de Santo Estêvão, Rei da Hungria. Em seu bispado, dedicou-se intensamente à renovação litúrgica, procurando tornar os cultos mais festivos e agradáveis. Um de seus surpreendentes dons era a profecia e além de realizá-la como ninguém, também era dotado de grande coragem. Um dia, por exemplo, mostrando extrema coragem e dedicação, recusou-se a coroar o Rei Avon que, para subir ao trono da Hungria, havia derramado muito sangue de pessoas inocentes. Contam que ao chegar na Igreja de Chorial para ser coroado, o pretendente ao trono foi recebido por São Geraldo. Este levantou-se e começou a gritar: A Quaresma foi instituída para conceder o perdão aos pecadores e recompensa aos justos. Tu a profanaste com assassinatos e, privando-me de meus filhos, privaste-me do nome de Pai. É por isso que hoje não mereces perdão, como estou disposto a morrer por Jesus Cristo, dir-te-ei o que vai acontecer-te. No terceiro ano de teu reinado a espada vingadora se levantará contra ti e perderás, com a vida, o reino que obtiveste pela fraude e pela violência.” Mais tarde, as palavras de profecia de São Geraldo se confirmariam. Em 1047, estourou a invasão dos mouros e o rei foi assassinado. Bem mais tarde São Geraldo foi preso e martirizado na revolução pagã que se seguiu a morte de São Estevão em 1046. Foi morto com uma lança em 1046 e seu corpo atirado no Rio Danubio. Alguns seguidores retiraram o corpo do Rio e suas relíquias estão na Catedral de Budapeste, Hungria. Ele é o padroeiro da Hungria Sua festa é celebrada no dia 24 de setembro.