Santo do Dia

<<  23/08/2018(5ª-FEIRA)  >>

Santa Rosa de Lima

também conhecida com Santa Rosa de Santa Maria. Rosa de Lima é a padroeira do Peru, da América do Sul, foi um membro da Ordem Terceira de São Francisco como Terciária dominicana e é a primeira santa das América. Nasceu como Mariana de Jesus Paredes y Flores, em Lima Peru. Tomando o nome de Rosa em 1597 na sua confirmação(diz a lenda que na sua infância sua face teria sido transformada em uma rosa). Ela cuidava de flores e fazia rendas e brocados para se sustentar e ajudar a sua pobre família, mas sempre tinha em foco sua via espiritual. Tornando-se uma dominicana em 1606 ela sofreu duras perseguições de sua família e amigos pela sua recusa em se casar e seus votos de perpetua virgindade. Ao mesmo tempo, ela fez vários atos de mortificação e penitencia dando-se totalmente a Virgem Maria, Jesus e aos Sagrados Sacramentos. Santa Rosa, que foi contemporânea de São Martinho dos Pobres e Santo Toríbio de Mongrovejo, nasceu em Lima, em 1586. Mudou seu nome de Isabel por Rosa, que recebeu em sua confirmação, nas serras de Lima, das mãos de Santo Toríbio e, depois, acrescentou o nome de Santa Maria por causa de sua filial devoção Mariana. Aquela que seria Santa Rosa de Santa Maria, desde criança, se dedicou a uma vida de oração e serviço, sacrificando ao próximo, em especial, aos mais pobres e aos enfermos. Vestiu o hábito da Terceira Ordem de São Domingos. Jejuando rigorosamente, comungando diariamente passava horas orando e com terrível desolação e penitencia. Sempre dizia que iria morrer("dia de minhas núpcias eternas") no dia de São Bartolomeu e na verdade veio a falecer no dia 24 de agosto 1617 (dia do santo) com 31 anos de idade. Ofereceu sua penitencia ao Senhor e as almas do Purgatório. Logo após a sua morte, seu túmulo tornou-se local de peregrinações e vários milagres são creditados a sua intercessão. O Papa Clemente IX (1667-1669) a beatificou em 1668. Foi canonizada pelo Papa Clemente X (1670-1676) em 1671. Ela foi a primeira americana canonizada e tinha grande preocupação com os nativos do Peru e pelos escravos no Novo Mundo e isto fez com que ela fundasse uma instituição destinada ao cuidar dos pobre e índios do Peru.

São Felipe Benizi

Nasceu em 15 de agosto de 1233 no distrito de Oltrarno, Florença, Itália. Philip Benizi foi um cardeal e pregador.Nascido de uma nobre família, foi educado em Paris e Pádua onde recebeu doutorado em medicina e filosofia. Durante algum tempo praticou medicina mas em 1253 ele entrou apara a Ordem dos Servitas, em Florença. Serviu como irmão até 1259 quando foi ordenado. Lendo a história de São Peregrine Laziosi vê-se que durante uma revolta popular ele acertou o santo Philip Benizzi na face quando São Benizzi tentava apaziguar os ânimos. Peregrino ficou tão estupefacto com a forma que São Benizzi aceitou o soco e ofereceu a outra a face que mudou o seu estilo de vida. Vários estudiosos acham que foi o primeiro milagre de São Filipe Benizzi. Depois disto São Peregrine Laziosi entrou para o ordem dos Servitas e foi o grande santo que todos conhecemos. Logo São Felipe tornou-se um dos mais eloqüentes pregadores de sua época tornando-se mestre dos noviços em Siena, em 1262 e superior de varios mosteiros e frade superior geral dos Servitas em 1267. Reformando a ordem com zelo e paciência ele foi indicado como possível candidato a se tornar Papa pelo influente cardeal Ottobuoni logo, antes da eleição para escolher o sucessor do Papa Clemente IV (1265-1268). Esta possibilidade deixou Felipe muito consternado e ele escondeu-se numa caverna até a eleição terminar. Ele atendeu ao Concílio de Lyons em 1274 e onde conseguiu uma reunião com a Igreja Ortodoxa e fechou um acordo de paz com os Guelphs e os Ghibellines em 1279, e ajudou Santa Juliana a fundar a terceira ordem das Servitas em 1284 e enviou o primeiro missionário servita para o extremo oriente. Ele se retirou para uma pequena casa Servita em Todi onde morreu em 22 de agosto de 1285. Foi canonizado em 1671. Sua festa é celebrada no dia 23 de agosto.