Santo do Dia

<<  31/05/2018(5ª-FEIRA)  >>

Santa Aurélia Petronina

Santa Aurélia Petronina ou Santa Petronilla, nasceu em Roma no primeiro século. Por vários séculos a história dizia que ela era filha de São Pedro e que era tão bela e como havia recusado a proposta de casamento de um rico romano pagão chamado Flaccus foi presa em uma torre, mas teria feito uma greve de fome e morreu em três dias. Entretanto, em inscrições antigas e recentemente encontradas, ela está listada como uma mártir da forma mais tradicional da época. Noutra versão ela seria uma servente, que trabalhava com São Pedro e uma das várias convertidas por ele e seria a sua "filha espiritual". Parece ter sido parente de Santa Domitilla e foi curada de paralisia por São Pedro. Sua relíquias estão na Basílica de São Pedro em Roma, Itália. Sua capela tem vários trabalhos de Miguelangelo e Bramante. Diz ainda a tradição que quando seu caixão foi aberto para o traslado, seu corpo estava incorrupto e a cabeça coberta com flores. Na arte litúrgica da Igreja ela é mostrada sendo curada por São Pedro 2) segurando as chaves para ele 3) uma virgem com uma vassoura 4) ao lado de São Pedro 5) recusando uma proposta de casamento, e 6) recusando um anel oferecido por um rei. É a padroeira dos viajantes e dos golfinhos visto que em seu sarcófago havia um golfinho encravado nele. São Pedro tinha uma esposa e ele viveu em Cpharnaum, com a sua sogra na casa dela, (Mateus 8:14, Lucas 4:38) mais ou menos no início da pregação de Jesus nos anos 26-28 DC. Assim é de se supor que Pedro foi casado durante algum tempo. De acordo com Clemente de Alexandria (Stromata III, vi) Pedro teve filhos. Clemente também escreveu que conforme a tradição a sua esposa teria sido também martirizada ( ibid,VII,xi). São Euzébio, um dos maiores dos estudiosos da bíblia aceitou esses itens de Clemente (cf.Hist.Eccl.III,xxxi). O resto da literatura cristã é silenciosa a respeito da esposa de Pedro. Talvez porque a partir do sexto século esta hipótese fosse incluída como sendo apóstata, mas vários escolares aceitam esta possibilidade.