Santo do Dia

<<  26/05/2018(SÁBADO)  >>

Santa Mariana

Também conhecida como Santa Mariana de Paredes e Santa Mariana de Quito. Nasceu em Quito em 31 de Outubro de 1618 .Filha de Don Girolando Flores Zenel de Paredes ,um nobre de Toledo e D. Mariana Cranobles de Xaramilo. Diz a tradição que o seu nascimento teria sido acompanhado de um fenômeno celestial incomum. Ela ficou órfã muito nova e foi criada pela irmã mais velha e seu cunhado. Mariana era um jovem piedosa com um forte devoção a Maria. Ela foi milagrosamente salva da morte várias vezes . Atraída para a vida religiosa aos 10 anos fez os votos de pobreza, castidade e obediência. Ela inicialmente desejava ser uma freira Dominicana, mas em vez disto se tornou uma eremita na casa de sua irmã e sua vida mudou a tal ponto que exceto a para ir a igreja, não saia de casa. Dada a forte e severa austeridade ela pouco dormia, orava horas a noite, só comia 250 gramas de pão seco ao dia e as vezes ficava até oito dias sem comer nada, se alimentando somente da Eucaristia, a qual recebia diariamente, na Comunhão. Entrava em êxtases e tinha o dom da profecia, via a distancia, lia mentes e corações, curava vários doentes apenas com o Sinal da Cruz ou com um pequeno respingo de água benta e pelo menos uma vez ela trouxe uma pessoa de volta a vida. Durante os terremotos de 1645 e as enevitáveis epidemias em Quito ela publicamente em oração, se ofereceu como vitima para a cidade e morreu logo após. Imediatamente após sua morte nasceram lírios brancos de seu sangue e as epidemias desapareceram milagrosamente. A Republica do Equador a declarou oficialmente " heroina nacional". Ela faleceu em 26 de maio de 1645 e foi beatificada em 10 de novembro de 1853 pelo Papa Pio IX e foi canonizada em 1950 pelo Papa Pio XII É padroeira dos órfãos e pessoas doentes e é a padroeira de Quito.

São Felipe Neri

Nasceu em 22 de julho de 1515 em Florença, Itália como Phillipe Romolo Neri. São Felipe Neri, missionário e fundador da Congregação do Oratório e chamado apóstolo de Roma, estudou sob influencia dos Dominicanos em São Marcos a aprendeu oficio com o seu tio. Ele abandonou os negócios em 1533, indo para Roma e se devotando ao serviço do Senhor. Em 1533 estudou teologia e filosofia. Após três anos passou a organizar uma ordem de Irmãos Leigos para orarem juntos, cuidar dos doentes e peregrinos que vinham para Roma. Durante este período ele passou muitas noites em oração nas catacumbas de São Sebastião na Via Apia e em uma noite, em 1544, ele experimentou um êxtase que dilatou seu coração comprovado, em autópsia, após sua morte. Devotando ao seu apostolado ele logo fundou sua comunidade, a Confraria da Mais Santa Trindade bem conhecida na cidade de Roma e ficou muito conhecido pela sua bondade e simpatia. Foi ordenado em 1551 e entrou para a comunidade de São Girolamo e tornou-se um renomado confessor,e diziam que podia ler a mente daqueles que o visitavam conseguindo assim fazer as mais completas, corretas e fervorosas confissões. Conduziu vários grupos de discussões para jovens religiosos, padres e leigos fazendo o alicerce do que se tornou mais tarde a Congregação do Oratório. O nome parece ser derivado da sala do Oratório de São Girolamo, onde os encontros religiosos eram conduzidos. A aprovação para a Congregação foi dada em 1575 pelo Papa Gregório XIII e as regras de sua Constituição foi aprovada pelo Papa Paulo V em 1612.A Congregação do Oratório se espalhou por toda a Europa e América do Sul.O Papa Gregório XIV tentou fazer dele um cardeal mas Filipe recusou.A sua popularidade era tanta eu foi acusado de tentar formar a sua própria seita, acusação que foi logo abandonada por falta de base. Nos seus últimos anos ele teve varias doenças graves, que curava apenas com suas preces. Diz a tradição que curou vários doentes apenas com a oração e sua benção. Respeitado e amado em Roma e foi um conselheiro de papas, reis, bispos, cardeais e igualmente confessor e conselheiro de leigos e do povo mais simples de Roma. Os seus esforços em chegar ao povo comum deu a ele o titulo de Apóstolo de Roma. Sua imagem está entalhada em um santuário na Casa Matriz da Igreja de Santa Maria, em Varicela. A mais famosa pintura dele foi feita por Guido Reni, que serviu de base para as subsequentes apresentações de suas fotopinturas. Veio a falecer em 27 de maio de 1595 aos 80 anos, de causa naturais. Foi beatificado em 1615 pelo Papa Paulo V, e canonizado em 1622 pelo Papa Gregório XV. Seu símbolo na liturgia da Igreja é um lírio e um anjo com um livro. Sua festa é celebrada o dia 26 de maio.