Santo do Dia

<<  22/03/2018(5ª-FEIRA)  >>

São Basil de Ancyra

Morreu no dia 29 de junho de 362. São Basil sofreu e morreu pela sua fé verdadeira em oposição aos arianos que negavam a divindade de Jesus.Ele era um padre em Ancyra, Galatia (agora Ancara, Turquia e apoiava o seu Bispo Marcellus contra os hereges mesmo após o banimento em 336 pelo Imperador Constantius. Em 360 os arianos tentaram impedir Basil de ser um líder cristão mas ele defendeu a fé católica enfrentando até mesmo o Imperador Constantius pessoalmente). Basil recusava a dar espaço para os arianos e ia a rua para incitar os cristãos a continuarem firmes. Acabou sendo acusado de tramar contra Juliano, o apóstata. Ele foi capturado e torturado em Ancyra. Na Caesarea ele foi pendurado pelos pulsos e mais tarde de cabeça para baixo pelos tornozelos. Sua pele foi tirada com grandes garfos e finalmente morto. Os Atos de seu Martírio são autênticos. O conde Frumentinus, encarregado do martírio ficou tão furioso que mandou que fosse mais arranhado e dilacerado até que seus intestinos ficassem a mostra.Os espectadores choravam de pena. O mártir orava em voz alta e a noite foi levado de volta a prisão. No dia seguinte seu corpo estava completamente são sem nenhum machucado. Basil disse a Frumentinus “Você sabe que meu corpo foi cortado em pedaços porem veja agora meus ombros e meus lados que não tem um só ferimento. Jesus Cristo me curou a noite. Envie estas noticias ao seu amo Imperador Juliano para que ele conheça o poder de Deus e avise que Deus logo extinguirá a sua vida.” Frumentinus parecia não conseguir conter a sua raiva e mandando colocá-lo santo de costas para cima e mandou furá-lo com ferros em brasa. O mártir expirou sob esses tomentos. Na arte litúrgica da Igreja São Basil é mostrado com uma leoa a seu lado e outras vezes com a pele toda dilacerada. Sua festa é celebrada no dia 22 de março.