Santo do Dia

<<  16/03/2018(6ª-FEIRA)  >>

Santo Heriberto de Colonha

Nasceu em Worms na Alemanha. Quando rapaz foi enviando para o Monastério de Gorze em Lorraine para seus estudos. Ao voltar para Worms ele foi ordenado. Como muito prelados da época ele era ativamente engajado em atividades seculares e muito pouco é conhecido de sua vida pessoal. Ele se tornou um dos mais distintas personalidades de sua época e acabou se tornando o Chanceler do Imperador Otto III em 994. Mais tarde foi indicado Arcebispo de Colonha em 998. Diz a tradição que mesmo durante o rígido inverno europeu, ele tirava seus sapatos e andava pela cidade onde ele foi consagrado no Natal de 999 e deste tempo em diante ele usava uma camisa velha debaixo das ricas vestes de Arcebispo. Mesmo com os deveres de Arcebispo ele continuou como Chanceler. Ele viajou com Otto para a Itália e trouxe de volta o corpo de Otto para ser enterrado em Aachen. Ele só entregou a insígnia imperial aos ambiciosos que queriam suceder Otto somente após o novo imperador ter sido devidamente indicado. Ele foi ate mesmo preso por um breve período pelo Duque da Bavária por sua obstinação. Este homem que mais tarde se tornou o Imperador Henry II tinha uma antipatia por Heriberto mas isto acabou quando ele conheceu a sabedoria e a probidade do santo. A tal ponto se tornou essa admiração que Henry o indicou como seu Chanceler. No tempo onde muito clérigos esqueciam ou negligenciavam seus deveres espirituais Heriberto era um devoto pastor do seu rebanho. Como Arcebispo ele poderia ser um homem rico, mas ele doava todo a sua renda para ser dividida entre a Igreja e os pobres, ficando com ele apenas o estritamente necessário ao seu sustento pessoal. São Heriberto construiu o Monastério Beneditino de Deutz fora de Colonha no Rhein (onde em 1021 ele foi enterrado em 1021) era um pacifista e mantinha estrita disciplina aos sacerdotes de sua Diocese e tem a reputação de fazer vários milagres um dos quais foi invocar uma chuva quando foi necessário durante uma prolongada seca e assim foi possível uma a uma boa colheita e a fome foi evitada. Após sua morte em 16 de março de 1022 seu culto foi encorajado pelos monges em Deutz, mas a sua canonização formal só se deu quando o Papa Gregório VII o canonizou no 17século. Na arte litúrgica da Igreja São Heriberto é mostrado 1) como um arcebispo chamando a chuva com suas orações e 2) com o Imperador Henry ajoelhado a seus pés. Sua festa é celebrada no dia 16 de março.