Santo do Dia

<<  10/02/2018(SÁBADO)  >>

Santa Escolástica

Nasceu em 480 DC e era irmã gêmea de São Benedito de Núrsia (conhecido no Brasil como São Bento) fundador da Ordem dos Beneditinos. Quase nada é conhecido sobre ela a não ser algumas passagens escritas sobre ela pelo Papa São Gregório magno, um grande estudioso dos santos. Em seus "Dialogues" ele destaca Scholástica como dedicada a Deus desde pequena e descreve que quando Benedito estabeleceu seu monastério em Monte Cassino, ela fundou um convento em Plombariola, cerca de 7 km de distancia ao sul. O convento é tido como sendo sob a direção de Benedito e sua Regra, assim ela é considerada a primeira freira beneditina. As regras das duas casas eram praticamente as mesmas e eram proibidos de entrarem, um na casa do outro. Apenas se encontravam uma vez por ano para discutir as matérias espirituais de grande importância para ambos, e ela teria ajudado a ele a escrever as "Regras de São Benedito", que são seguidas até hoje pelos beneditinos. Gregório conta que no último encontro dos dois, eles passaram o dia em conforto mútuo e Benedito sabia que seria a última vez que estariam juntos na terra. Scholástica também havia pressentido que seria seu último dia com ele, pediu que ele passasse a tarde e parte da noite com ela. Benedito rispidamente recusou por não querer quebrar a sua própria regra que proibia, sem um motivo de força maior, passar uma noite fora do monastério. Santa Scholástica chorou copiosamente e colocando sua cabeça sobre uma mesa pediu a Deus que a ajudasse e repentinamente uma forte tempestade desabou sobre o local impedindo Benedito e seus companheiros de retornarem ao mosteiro. Disse Benedito: "Deus todo poderoso perdoai minha irmã pelo que ela fez ". Scholástica retrucou: "Eu pedi um favor a você e você recusou e eu pedi a Deus e ele não recusou. Ele me concedeu o que pedi!" Logo após seu retorno a Monte Cassino, Benedito teve uma visão da alma de Scholástica saindo de seu corpo na forma de uma pomba. Ela veio a falecer três dias depois em 543. Ele colocou seu corpo em uma tumba que ele havia preparado para si próprio e deu ordem para que ele também fosse ali enterrado. As relíquias dela foram trasladadas pelo monge Adrevaldo para um Santuário na Igreja de São Pedro em Le Mans, França. Isto teria sido feito quando as relíquias de São Benedito foram trasladadas para Fleury. Em 1562 o santuário foi preservado da destruição pelos Huguenotes. Alguns dizem que nós devemos somente pedir a Deus coisas importantes, mas o amor de Deus é tão grande que Ele nos dá todas as boas coisas que desejamos. Ele ouve nossas preces, nossos louvores e nossos agradecimentos. Nada é tão grande ou trivial para Deus. Santa Scholástica é obviamente uma daquelas que aprendeu a lição do amor de Deus ao pedir a ele uma tempestade no momento certo. Na arte litúrgica da Igreja Santa Scholástica é mostrada como uma freira segurando um crucifixo ou 2) mostrada com Santa Justina de Pádua ou 3) recebendo o véu de São Benedito ou 4) com sua alma deixando o corpo como uma pomba ou 5) com uma pomba a seus pés ou 6) ajoelhada junto a cela de São Benedito. Ela é invocada contra tempestades e é a padroeira de Monte Cassino.